Jornalismo

1º LirAa de 2017 aponta risco médio para epidemia

1º LirAa de 2017 aponta risco médio para epidemia

contato radiocolmeia

janeiro 13th, 2017

0 Comments

Um índice médio de 1,7% para epidemia em toda a cidade foi apresentado pelo Levantamento Rápido do Índice de Infestação para Aedes aegypti realizado nos dias 9, 10 e 11 de janeiro (o preconizado pelo Ministério da Saúde é de 1%), no Bairro Universitário, a média foi de 3,9% de infestação. Outro dado alarmante é o fato de 42,9% dos focos terem sido encontrados em lixo e outros resíduos sólidos, o que demonstra a falta de cuidados dos moradores em fazer o descarte desses materiais e a limpeza dos terrenos.
Foram inspecionados durante os três dias do levantamento 3.920 imóveis, divididos em nove áreas. Além do Universitário, a segunda região com maior índice de infestação é o que compreende o Jardim Piatti, Novo Milênio, Cancelli I, Cancelli, Claudete, Parque Verde, Cidade Verde e Tropical, Moradas, terra Nova, na região oeste da cidade. Dos 439 imóveis visitados, 2,7% apresentaram focos do mosquito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Desenvolvido por :