loading
Veja os programas na sequência

A seguir! / Acompanhe tudo o que rola na Colmeia

loading

Clima e inflação pressionam preços de frutas, legumes e verduras em Cascavel

Em 19 de janeiro de 2024 às 11:42 | Cascavel

O consumidor que foi ao supermercado na primeira quinzena de janeiro, em Cascavel  notou aumento preço dos  legumes, frutas e verduras. O preço salgado está relacionado com as condições climáticas e a inflação.

Como explica o analista de mercado da Ceasa Olivar da Rocha, a batata é produzida no Paraná e o tomate que é de Santa Catarina tiveram aumento de 50% em relação ao mesmo período do ano passado. Para se ter uma ideia, em alguns supermercados é possível encontrar a batata por quase dez reais o quilo.

Já alguns legumes como cenoura, beterraba, pepino, pimentão e vagem e frutas como melancia e manga tiveram aumento de 100%. O repolho verde, que já chegou a custar R$ 1,50 o quilo, está em falta para os consumidores e teve variação de 250%, chegando também a quase dez reais o quilo.

Para não deixar de consumir frutas, legumes e verduras, está sendo necessário driblar a inflação, pesquisar e procurar uma saída alternativa.

A previsão é que esse cenário continue por pelo menos dois meses, até que as condições climáticas se normalizem e a inflação comece a diminuir.

 



LEIA TAMBÉM