• Bom dia Cascavel
    Neri Puerari e Edy Junior
    quinta-feira, 06:00 - 08:00
Veja os programas na sequência

A seguir! / Acompanhe tudo o que rola na Colmeia

  • Show da Manhã
    com Edy Junior
    08:00 - 10:00
  • Experiência de Deus
    com Pe. Reginaldo Manzotti
    10:00 - 11:00
  • Caminhando com Jesus e Maria
    com Padres da Arquidiocese de Cascavel
    11:00 - 11:55

Famílias recebem alvarás do projeto Casa Fácil

Em 9 de julho de 2021 às 11:51 | Geral

Seis famílias que possuem terreno, fizeram reserva para construir a casa, mas que não têm recursos para pagar um engenheiro responsável para dar andamento aos projetos e acompanhar a obra, foram beneficiadas com o alvará do projeto Casa Fácil, na noite desta quinta-feira (9). O programa social é desenvolvido por meio de uma parceria que envolve o Município, Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Cascavel (Aeac) e Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura do Paraná (Crea/Pr).

O presidente da Companhia de Habitação de Cascavel (Cohavel), Vinicius Boza, explica que com o programa o beneficiário não precisa se preocupar com a aprovação dos projetos junto aos órgãos competentes. “Dessa forma vão ter uma condição jurídica favorável, vai estar tudo aprovado, não será uma construção irregular”, diz.

Para o vice-prefeito Renato Silva, o programa ajuda a trazer dignidade às famílias. “Todo o cidadão, todo o pai, toda a mãe, merece ter seu teto para morar. Essa pareceria da Cohavel, que está estabelecida há muito tempo com a Aeac, visa o bem comum”, observou.

Lauro de Lima, um dos beneficiários que recebeu o alvará de construção do programa, comemorou a conquista.  “Para mim representa algo bom, segurança, hoje a gente não tem condições de pagar um engenheiro”, resumiu.

O presidente da Aeac, Ricardo Ceola, explica que os beneficiários podem escolher entre 23 modelos de projetos para construções entre 40 e 70 metros quadrados. “A gente organiza a documentação, é encaminhada à Prefeitura  e a pessoa recebe o projeto aprovado sem custo nenhum para a família”, explica.

O programa beneficia famílias com renda de até três salários mínimos.



LEIA TAMBÉM